segunda-feira, 9 de novembro de 2015

MEDITAÇÕES DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO


 
Bem vindo!    
Neste espaço do Blog do Ministério, tenho compartilhado meditações para a vida diária que posto diariamente em meu Facebook pessoal.
E como nem todos acompanham o Facebook, ou não conseguem acompanhar todos os dias, aos domingos eu reúno aqui o que puliquei ao longo da semana que passou.
Publicar este conteúdo tem sido um tempo muito especial para mim.
Pretendo prosseguir publicando diariamente algo inspirador para a vida daqueles que passam pela minha página, e aos domingos, ou qualquer outro dia, por aqui, enquanto Deus quiser e me abençoar para escrever...
E, principalmente, enquanto Seu Santo Espírito me inspirar, quero poder tocar vidas com A Palavra. Oro, então, para que seja útil em sua vida, já que você parou aqui.
Se você achar que este conteúdo pode ser útil em seu pequeno grupo, célula, na vida de alguém que você conhece, ou qualquer outro lugar, pode usar sem prévia autorização.
De graça recebemos, de graça damos.
O que peço apenas é que, PRINCIPALMENTE, se você for abençoado por algum dos textos, que você pare sua leitura e ore por nós, e pelo nosso ministério aqui em Alphaville, São Paulo e nos abençoe.
E que Deus abençoe sua vida, em Nome de Jesus!

Sábado 24 de outubro: "Sem publicação"

Sexta feira 30 de outubro: "O que oprime ao pobre para enriquecer a si ou o que dá ao rico certamente empobrecerá”. Provérbios 22:16

Antes de discutir sobre "a luta de classes" que permeia a história da humanidade, vamos lembrar de onde viemos, e porque tudo ficou assim.
O Senhor reina, e estabeleceu o homem no Éden debaixo dEle.
Ao homem Deus deu autoridade sobre toda a Sua criação, em Seu Nome.
O homem tinha apenas uma lei a cumprir: não comer da árvore do conhecimento do bem e do mal. A partir de sua desobediência, o homem entregou sua autoridade a satanás, que é agora o controlador do sistema em que vivemos, e “o mundo jaz no maligno” como lemos em I João 5:19.
Assim que quando vemos no mundo a questão de luta de classes sociais, tanto os opressores quanto os oprimidos estão imersos em uma questão espiritual maior, mais profunda, que diz respeito as consequências da desobediência de toda a humanidade ao Senhor! Deus não é responsável por isso, mas nós.
Assim, que a questão de hoje não é ideológica, mas espiritual.
E O Senhor trata disso tanto segundo as leis humanas imperfeitas, quanto, e principalmente, segundo as Sua Lei, que é perfeita.
Mesmo que as leis humanas não alcancem a injustiça para corrigir o que é necessário, porque corruptas e humanas, Ele mesmo fará justiça segundo Sua Palavra! Mesmo, e “apesar" da (in) justiça humana não alcançar.
Mas lembre que a justiça compensatória de Deus não fará uma justiça absoluta ao oprimido segundo sua ótica, por que ele também é pecador!
Assim que ao longo desta vida aqui somos chamados a estar atentos ao Sistema de leis e princípios dados pelo Senhor, se é que cremos neles, para obedece-los. Para cumpri-los. Para experimenta-los. Para receber Seu Reino!
Mas precisamos ter por claro que aqui, nesta dimensão, a justiça de Deus para ricos e pobres foi definitivamente estabelecida e oferecida na cruz do Calvário, quando O Senhor purgou a Sua Ira sobre o pecado, para produzir Sua Justiça em Cristo, para que os que nEle creem, fossem justificados.
Para que então, "fora deste sistema", fossemos aceitos, e ficássemos livres da opressão do sistema maligno que assola a humanidade. Mesmo vivendo aqui.
E sim, O Senhor irá, definitivamente julgar a tudo e todos, em breve, e estabelecerá a Sua Justiça, de maneira definitiva. Segundo Cristo!
Opressores serão julgados definitivamente, mas creiam, serão também julgados, e já tem sido, parcialmente, ao longo da história da humanidade, todos os opressores que enriquecem oprimindo o pobre…
Mas enquanto aqui, antes do Juízo, sempre haverão opressores.
Afinal, lembre que Salomão percebeu isso centenas de anos antes de Cristo… e ainda hoje encontramos opressores e oprimidos.
O Senhor não os julgou? Sim… ao longo da história, diversas vezes.
Apenas ainda não julgou definitivamente ainda… Mas o fará!
Mas entenda… O Juízo de Deus não será apenas segundo opressores e oprimidos, mas sim, segundo o pecado da humanidade. O real problema!
E para a humanidade, a única esperança está em Jesus, O Cristo, para que então sim, aquele que nEle crê, tenha acesso ao Seu Reino!
Reino ao qual que somos chamados a participar, a partir da nossa fé em Cristo, e depois, sim, segundo as obras que fizermos enquanto aqui (Efésios 2:8-10).
Que possamos avaliar a vida ao nosso redor, segundo A Palavra de Deus, sempre… que nunca haja em nós um coração opressor sobre quem quer que seja que esteja sob nossa autoridade em qualquer nível. Nem apoiemos a opressão de qualquer forma sobre quem quer que seja.
Mas que lembremos que a vida eterna virá… e já chegou!
Deus abençoe! Bom dia...

Quinta feira 29 de outubro: "A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a afastará dela”. Provérbios 22:15

O Senhor que sabe todas as coisas a nosso respeito.
Aqui neste texto, nos revela que desde que nascemos, porque o pecado nos afastou da Fonte da Sabedoria em nossa origem enquanto crianças, somos fadados a lutar contra a estultícia, palavra que no original hebraico, significa insensatez, e no seu limite máximo, loucura…
E sim, a correção feita pelos pais é dada por Deus para que esta ligação seja desfeita na infância. Cortada!
Entretanto ao longo dos tempos este princípio tem sido quebrado, e suas consequências estão diante de nossos olhos na sociedade em que vivemos.
Pais que não corrigem ou mal corrigem seus filhos, que serão pais que carregam resquícios de estultícia, que se perpetuarão em seus filhos…
E assim sucessivamente.
Até chegarmos a um ponto em que vemos pais frustrados e irados que cometem violências contra seus próprios filhos, o que é o ápice da loucura, o que não pode ser aceito…
Até chegarmos a um ponto em que autoridades de governo querem, indo contra este extremo, ir ao outro extremo, ao tentar proibir os pais de corrigirem a seus filhos, o que é uma estultícia que perpetua este mal…
Em Provérbios 29:15 e 17 lemos: "A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe... Corrige o teu filho, e te dará descanso, dará delícias à tua alma”.
Sim, a sociedade se deteriora por não obedecer aos princípios do Senhor.
Por confundirem a Sua Sabedoria com matizes de religião dita cristã...
Mas muitos de nós, porque não fomos corrigidos corretamente por nossos pais, ao sermos pais, nos sentimos culpados por corrigir, inseguros e confusos por não corrigir… Ao observar "especialistas" falando que "corrigir filhos faz mal para suas vidas"... algo absolutamente contra o que ensina A Palavra.
Em meio a esta confusão, os pais enfrentam ainda tantas mudanças hoje em curso, pelo avanço das trevas sobre nossas crianças, através de um sistema de "entretenimento infantil", inspirado pelo maligno, que as conduz a um caminho ainda mais distante de seus pais e, principalmente, de Deus…
Bem, nada disso pegou Deus de surpresa. O Senhor reina! Ele conhecia desde antes da fundação deste mundo, o sistema em que viveríamos nestes dias… e sim, há poder em Sua Palavra para este tempo.
Meu convite é: Pais, orem a Deus, buscando por Sabedoria para conduzirem seus filhos nestes dias tão confusos…
Aos que creem, O Senhor, pela Sua Palavra, conduzirá para serem pais segundo o Seu coração. Mas é necessário crer que Sua Palavra é A Verdade.
Não permitam que a ira instaurada pela vida diária ou pela teimosia dos filhos instaurada em seus corações seja transferida contra eles ao corrigirem seus maus caminhos… nem que um sentimento de culpa os leve a não corrigir.
Que o amor do Senhor se manifeste através da correção.
Afinal, do outro lado, até mesmo celebrados educadores seculares já concordaram que “quem ama educa”, e de uma forma incompreensível, são mais celebrados do que A Palavra de Deus, que nos ensinou esta verdade há milênios... Pense nisso… Confie na Palavra!
A verdade vem da Fonte da Verdade, que é A Palavra de Deus…
Deus abençoe. Bom dia...

Quarta feira 28 de outubro: "Cova profunda é a boca da mulher estranha; aquele contra quem o SENHOR se irar cairá nela”. Provérbios 22:14

Salomão fala mais sobre a mulher estranha ou adúltera. Aquela que não é a sua mulher. Aplicável por analogia ao homem estranho ou adúltero:
Provérbios 5:3-5 "porque os lábios da mulher adúltera destilam favos de mel, e as suas palavras são mais suaves do que o azeite; mas o fim dela é amargoso como o absinto, agudo, como a espada de dois gumes. Os seus pés descem à morte; os seus passos conduzem-na ao inferno”.
Recomendo que leia todo o capítulo 5, que trata do tema...
Sim, quando lemos que a boca desta mulher é como uma cova profunda, embora seja uma alegoria, é também uma verdade literal.
O adultério leva à morte.
Todos os pecados levam à morte…
Mas o adultério tem uma figura forte diante de Deus, pois aqueles que rejeitam a Sua aliança são como que adúlteros.
E quando a ira do Senhor se manifestar na vida daqueles que insistem nesta posição, hão haverá mais esperança.
Adultérios destróem casamentos, famílias, projetos, sonhos vidas.
Assim foi na eternidade anterior quando lúcifer traiu a aliança anterior dos anjos com O Senhor.
Assim foi no Éden quando Adão traiu a aliança anterior da humanidade com O Senhor.
Assim muitos fazem hoje, traindo suas alianças anteriores com outras pessoas, que, por figura, apontam para a anterior, com O Senhor.
Ah! Se todos entendessem o alto preço para uma aventura em uma "simples e única"noite de adultério…
Que O Senhor ofereça lugar de arrependimento aos que precisam para que possam consertar suas posições diante dEle rapidamente…
Saia deste lugar de morte!
Reconcilie-se com O Senhor. Hoje é o tempo aceitável. Hoje é o dia da salvação… ainda.
Deus abençoe. Bom dia!

Terça feira 27 de outubro: "Diz o preguiçoso: Um leão está lá fora; serei morto no meio das ruas”. Provérbios 22:13

Em Eclesiastes 1:9-10 lemos: "O que foi é o que há de ser; e o que se fez, isso se tornará a fazer; nada há, pois, novo debaixo do sol. Há alguma coisa de que se possa dizer: Vê, isto é novo? Não! Já foi nos séculos que foram antes de nós”.

Sim!
Nos dias de Salomão, centenas de anos antes de Cristo, ele já teve a revelação que o que acontecia e seus dias era uma repetição do que havia acontecido nas centenas de anos antes….
Ao lermos os ensinos contidos em Provérbios, vemos que o que acontecia nos dias de Salomão é exatamente o que acontece nos nossos…
A única diferença, talvez, seja a tecnologia atual…
Os recursos atuais… Mas as pessoas, o homem em si, é o mesmo…
As desculpas para não fazer continuam as mesmas. Posso até pensar que sim, naqueles dias fosse até possível haver um leão nas ruas…
Mas a ameaça da possibilidade eventual disso acontecer, não poderia ser impedimento para alguém sair de casa e fazer o que devia fazer, pois afinal, todos os demais estavam trabalhando…
Muitas pessoas apresentam as mais diversas desculpas para não trabalhar: A crise, as pessoas, os problemas, minha família, o chefe, o governo, o mercado, o salário, as dívidas, o baixo salário, a violência, o transporte… Mas, segundo A Palavra, o cerne é a preguiça!
Na verdade, alguns se entregam à preguiça e usam desculpas que até parecem razoáveis, mas são sempre falsas. São fuga!
E se eu entender que a preguiça segundo a Palavra levará o preguiçoso à ruína, posso lembrar que segundo Jesus, em João 10:10, satanás que é o ladrão "veio para roubar matar e destruir…” Se a derrota para a preguiça leva uma pessoa para este lugar, posso entender que há mesmo uma oposição espiritual ao trabalho… Afinal, O Pai trabalha até hoje!
Em I Pedro 5:8 lemos: "Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar.” Sim, o diabo quer nos paralisar de trabalhar, de conquistar, de estabelecer. A maioria das desculpas que alguém usa para não abraçar e nem concluir projetos vem deste tipo de pensamentos já plantado em muitos. Devemos vencer o que nos paralisa e impede, arregaçar as mangas e trabalhar!
Para o sustento da família, para crescimento pessoal e profissional, e ainda mais, e principalmente, trabalhar para O Senhor!
Hebreus 6:10 "Porque Deus não é injusto para ficar esquecido do vosso trabalho e do amor que evidenciastes para com o seu nome, pois servistes e ainda servis aos santos”.
I Coríntios 15:58 "Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão”.
Sim, o principal trabalho é para O Senhor, pois tem resultados eternos!
Assim, nesta manhã, vamos firmes. Arregace as mangas, saia de casa, e vamos trabalhar. E oremos para que O Senhor nos abençoe o trabalho, e prospere o fruto dele. Em Nome de Jesus.
Deus abençoe… Bom dia...

Segunda feira 26 de outubro: "Os olhos do SENHOR conservam aquele que tem conhecimento, mas as palavras do iníquo ele transtornará”. Provérbios 22:12

Se há uma bênção dada por Deus para o que tem conhecimento, pois Seus olhos e intervenção estão sobre este, claro está que não se trata de conhecimento formal ou secular, mas sim, espiritual pela Sua Palavra.
E Davi ao se maravilhar com a revelação que teve em Salmo 139 (recomendo que você leia o Salmo inteiro), declara no verso 6 que “Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim: é sobremodo elevado, não o posso atingir”. Ele entendeu que o conhecimento do Senhor embora possível é impossível. Elevado demais… este corpo, esta estrutura mental e emocional não suporta… Mas maravilhoso no que possível receber.
Também nós, hoje, após a vinda do Espírito Santo, podemos entender que há revelação e ensino que podemos receber mais do que Davi podia, pelo conforme lemos em I João 2:20 e 27.
Mas também posso aqui meditar acerca do futuro, e ser um pouco apocalíptico nesta manhã, pois em II Tessalonicenses 2:8-10 lemos sobre a vinda do anticristo, que também é chamado de "o iníquo": "então, será, de fato, revelado o iníquo, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e o destruirá pela manifestação de sua vinda. Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos".
Sim, O Senhor transtornará as palavras do iníquo, que também segundo as Escrituras, falará palavras de blasfêmia contra Deus… Mas sabemos que, após um tempo determinado de governo global, será vencido…
Entretanto, se pusermos o texto de hoje na perspectiva profética, também podemos entender que precisamos ter conhecimento do Senhor e dos Seus ensinos acerca deste tempo de governo do iníquo.
Muitos cristãos decidem ignorar conhecer o que a Bíblia diz sobre o que virá, pois consideram difícil ou sentem medo…
Decisão errada de se tomar, pois A Palavra diz que este tempo virá, e trás conhecimento sobre o que fazer acerca do que virá. Ignorar não faz com que não aconteça o que Deus diz que vai acontecer.
Assim, enquanto temos tempo, meu conselho é que você aprofunde o seu conhecimento acerca do que Deus diz sobre o futuro da humanidade e do planeta… afinal, neste texto há uma bênção dada, quando Ele diz que Seus olhos conservarão aquele que tem conhecimento…
Enquanto, por outro lado, também disse em Oséias 4:6a que "O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento”.
Bem, me parece que o conhecimento conserva, a falta dele não.
Pense nisso… invista o tempo que você tem para buscar crescer em todo o conhecimento disponível da parte de Deus em Sua Palavra…
Ele não errou no conteúdo que está disponível para nós hoje…
Deus abençoe! Bom dia.

                                                               ___________
 

E assim, novamente chegamos ao fim do conteúdo de mais uma semana desta série.
Que Deus abençoe sua vida. Oro a Deus por todos que passam por aqui.
Se você tiver mais um tempo livre, convido para que você passeie aqui pelo Blog e conheça os outros conteúdos.
Se não sabia, também tenho outro Blog, este sobre profecia bíblica.
Se quiser conhecer, clique aqui...
E ainda, se puder, visite nossa página no Facebook. Se quiser nos acompanhar, "curta" nossa página.
Mais uma vez, reforço que, se nosso conteúdo publicado aqui tem abençoado sua vida, ore por nós.
Ponha em sua lista de intercessão o Ministério Cristão Alfa e Ômega, nossa família e tudo o que envolve semear este trabalho. Ore também por toda a equipe aqui do Ministério.
Deus nos tem dado gente muito preciosa e poderosa por aqui conosco.
São bênção de Deus, em nossas vidas e na vida de muitos, mesmo!
Aliás, se você mora em Alphaville ou no em torno, e está sem igreja, faça-nos uma visita.
Você não chegou até esta página por acaso...
Se você sabe de alguém por aqui que esteja procurando um lugar para congregar, se concordar com o que publicamos por aqui, com o que cremos, indique nosso Ministério.

Deus abençoe sua vida! Boa semana!

Haroldo Maranhão

MEDITAÇÕES DE 19 A 25 DE OUTUBRO


 
Bem vindo!    
Neste espaço do Blog do Ministério, tenho compartilhado meditações para a vida diária que posto diariamente em meu Facebook pessoal.
E como nem todos acompanham o Facebook, ou não conseguem acompanhar todos os dias, aos domingos eu reúno aqui o que puliquei ao longo da semana que passou.
Publicar este conteúdo tem sido um tempo muito especial para mim.
Pretendo prosseguir publicando diariamente algo inspirador para a vida daqueles que passam pela minha página, e aos domingos, ou qualquer outro dia, por aqui, enquanto Deus quiser e me abençoar para escrever...
E, principalmente, enquanto Seu Santo Espírito me inspirar, quero poder tocar vidas com A Palavra. Oro, então, para que seja útil em sua vida, já que você parou aqui.
Se você achar que este conteúdo pode ser útil em seu pequeno grupo, célula, na vida de alguém que você conhece, ou qualquer outro lugar, pode usar sem prévia autorização.
De graça recebemos, de graça damos.
O que peço apenas é que, PRINCIPALMENTE, se você for abençoado por algum dos textos, que você pare sua leitura e ore por nós, e pelo nosso ministério aqui em Alphaville, São Paulo e nos abençoe.
E que Deus abençoe sua vida, em Nome de Jesus!

Sábado 24 de outubro: "Sem publicação"

Sexta feira 23 de outubro: "O que ama a pureza do coração e é grácil no falar, terá por amigo o rei". Provérbios 22:11

Certa vez ouvi acerca de uma ministração “linda” que foi trazida a um grupo de jovens por um pregador que, creio, bem-intencionado, embora com um entendimento equivocado da Bíblia.
Por ser errado, seu ensino causou estrago na vida espiritual de muitos dos que ouviram sua heresia...
A ministração foi fundamentada na Palavra de Jesus a seus discípulos, contida em João 15:15: “Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer”
E a ministração consistia em avaliar o que é um amigo nos dias de hoje segundo o entendimento daqueles jovens, para que pudessem receber o ensino equivocado de que tudo aquilo que entendiam como amigo, era exatamente o que Jesus queria ser para eles.
Que triste ensino secular, centrado no homem e fora do contexto bíblico, trazendo engano travestido de bênção... Mas por que posso afirmar isso?
Porque apenas UM versículo antes deste, nos revela o próprio Senhor Jesus conceituando o que REALMENTE significa “AMIGO” na Sua ótica, que é a que importa!
Em João 15:14, vemos a explicação de Jesus acerca de como Ele identifica quem são Seus amigos: “Vós dois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando”! Simples assim...
Precisamos entender que os conceitos do Reino são bem mais altos que os nossos, e são definidos por textos bíblicos que revelam os valores do Reino, e não por aqueles pobres valores de nossa "cultura evangélica" secularizada e pasteurizada... Bem, creio que ficou claro aqui que amigos do Rei, são aqueles que O obedecem...
Também segundo os Seus ensinos em Mateus 5:8, vemos que: “Bem aventurado é o puro de coração, porque verá a Deus”!
Sim, apenas aquele que nasceu de novo pode vir a ser puro de coração (“Escondi a Tua Palavra no meu coração para não pecar contra Ti” Salmo 119:11)...
E somente alguém puro de coração pode ter graça no falar, pois “a boca fala do que está cheio o coração” (Mateus 12:34).
Sim, este não apenas verá O Rei, mas O terá por amigo segundo o Seu Sistema!
Bem meus queridos... que convite! Que oportunidade... mas que desafio!
Que possamos ser transformados pela Sua Palavra e pelo Seu Santo Espírito, para que possamos ser tudo aquilo a que somos chamados por Deus a sermos, conforme recebemos neste texto para hoje...
Puros de coração, puros de lábios e amigos do Rei!
Nesta vida, e pela eternidade.
Deus abençoe. Bom dia!

Quinta feira 22 de outubro: "Lança fora o escarnecedor, e com ele se irá a contenda; cessarão as demandas e a ignomínia". Provérbios 22:10

No Salmo 1 Davi nos adverte quanto ao processo que leva alguém a se assentar na roda dos escarnecedores, destino final dos que começaram ouvindo os conselhos dos ímpios e ingressaram no caminho dos pecadores...
Seu filho Salomão entendeu muito bem seu ensino, e o aprofundou, registrando aqui a revelação do que acontece aos que permanecem assentados com os escarnecedores...
Quem são estes?
O conhecido comentarista STRONG, cuja ferramenta eletrônica me ajuda em meus estudos, me ajuda a compreender ao oferecer outras palavras que poderiam ajudar a entender acerca deles: "escarnecer, desprezar, falar arrogantemente, zombar, ridicularizar"
Este é o conteúdo da vida destes escarnecedores que, parece, conduz pessoas no "caminho de lúcifer", no caminho daqueles que desprezam A Palavra do Senhor e Seus ensinos.
Daqueles que "se acham"...
Contenda e discussões acompanham a vida destes que são escarnecedores e seu fim é vergonha ou ignomínia.
Tanto que o Senhor nos adverte através do profeta Daniel, 12:2, que muitos na ressurreição vindoura, "ressuscitarão para a vergonha eterna". O problema portanto, não é "apenas" a vergonha nesta vida, mas sim, a eterna!
Assim a exortação é para que fujamos destas pessoas que, alguns, inclusive, tem em seus laços de amizade... Fujam deles!
Se não é que, na verdade, precisamos tirar os escarnecedores que habitam em nossos próprios corações... Será?
Deus abençoe! Bom dia...

Quarta feira 21 de outubro: "O generoso será abençoado, porque dá do seu pão ao pobre". Provérbios 22:9

O Sistema do Senhor é baseado em semear e colher.
Vimos ontem uma referência sobre a semeadura ruim, aquela praticada pelo que “semeia injustiça e colhe males”...
Hoje vemos que há uma bênção reservada ao generoso que dá seu pão ao pobre.
Veja que isso está de acordo com o que Jesus nos ensina em Lucas 6:38 “... dai e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão, porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão vós”...
Assim, colher pode ser uma bênção ou uma maldição, colheita esta que depende de nós, de como semeamos, e, principalmente, de Deus que conhece nosso coração...
Sim porque se damos com avareza, não há como esperar receber algo com generosidade da vida, pois quem move os corações para cumprir Sua Palavra em nossas vidas é o próprio Senhor Deus...
Digo isso porque muitos que tem muito, quando dão grandes quantidades do que quer que seja, podem passar a ideia de que são generosos, e não serem!
Outros que tem pouco, ou talvez tem menos do que alguém que olha de fora avalia, e dão o que pode parecer menos do que poderiam, podem passar a ideia exterior de que não fizeram o melhor. Mas fizeram.
Gosto da cena de Jesus diante do gasofilácio vendo COMO as pessoas davam. Não QUANTO...
Os ricos que davam grandes quantias deram pouco, mas a pobre viúva que deu duas moedinhas e deu mais que todos eles. A verdade estava escondida, estava dentro do coração de cada um, na forma como davam a Deus.
Sim, a generosidade não está de acordo, necessariamente, com a impressão exterior das pessoas sobre quanto damos, mas sim, em nossos corações, diante de Deus, acerca de como damos.
Mesmo ao dar ao pobre, se alguém dá o pior, o rasgado, o estragado, a sobra, pode ter certeza que receberá de Deus através de pessoas e circunstancias da vida, segundo esta semente semeada...
Se damos com alegria, singeleza, generosidade, mesmo que ninguém nos veja, ou saiba ou nos parabenize ( e melhor assim...), O próprio Deus que vê e sonda nossos corações vai se encarregar de cumprir a Sua Palavra. Não é errado semear esperando colher... e isso é bíblico.
O errado é fazer algo por alguém esperando que esta mesma pessoa faça algo de volta...
Isso é manipulação humana, e Deus não tem nada a ver com isso...
Quando fazemos o que fazemos como se fosse para Ele, Ele mesmo, que sabe que assim fizemos, cumprirá Sua Palavra.
Nossa questão não é, portanto fazer, mas sim, prestar atenção em como fazemos... pois O Senhor pesa e sabe o que vai em nossos corações...
Pense nisso! E faça seu melhor para o seu próximo... e para Deus.
Deus abençoe... bom dia!

Terça feira 20 de outubro: "O que semeia a injustiça segará males; e a vara da sua indignação falhará”. Provérbios 22:8

Segundo a Bíblia, tudo o que fazemos na vida são sementes que vão frutificar de qualquer forma, ao longo do tempo.
Assim que a dita "sabedoria popular" que diz que “aqui se faz, aqui se paga”, nada mais é do que uma visão pálida do princípio bíblico sendo cumprido, diante dos olhos de quem não conhece A Palavra, mas vê seus resultados se cumprirem.
Se Jesus Cristo, que foi semeado por Deus em nossos corações para a salvação, é justiça de Deus em nós, nos dará uma colheita do Bem!
Já os que rejeitam esta Semente Santa e preciosa, rejeitam ser justificados por Ele e nEle, mas pelo contrário, permanecem abraçados com suas próprias injustiças, não terão uma boa colheita… Pelo contrário.
As sementes da parte de Deus são eternas, mas também se manifestam já em nossas vidas a partir de agora para a eternidade.
Já as sementes de injustiça, do espírito do anticristo pois contrárias a Jesus O Cristo, também darão frutos para a eternidade, mas também seus frutos se perceberão aqui. Neste tempo…
A vara da indignação do Senhor se cumprirá! Mas se o injusto acha que conseguirá cumprir seus propósitos aqui no tempo… bem, se frustrará.
Nem sua indignação será atendida nestes dias, quanto mais que, em não se arrependendo enquanto nesta vida, se lamentará para sempre.
Que possamos avaliar nossas sementes para esta vida…
Que possamos acolher em nossos corações A Semente do Senhor!
Deus abençoe… Bom dia!

Segunda feira 19 de outubro: Não entendo pessoas que não crêem no que pessoas que viveram dois mil anos atrás escreveram sobre o que aconteceu dois mil anos atrás, mas acreditam no que pessoas que vivem em 2015 escrevem sobre o que aconteceu há bilhões de anos...

                                                               ___________

E assim, novamente chegamos ao fim do conteúdo de mais uma semana desta série.
Que Deus abençoe sua vida. Oro a Deus por todos que passam por aqui.
Se você tiver mais um tempo livre, convido para que você passeie aqui pelo Blog e conheça os outros conteúdos.
Se não sabia, também tenho outro Blog, este sobre profecia bíblica.
Se quiser conhecer, clique aqui...
E ainda, se puder, visite nossa página no Facebook. Se quiser nos acompanhar, "curta" nossa página.
Mais uma vez, reforço que, se nosso conteúdo publicado aqui tem abençoado sua vida, ore por nós.
Ponha em sua lista de intercessão o Ministério Cristão Alfa e Ômega, nossa família e tudo o que envolve semear este trabalho. Ore também por toda a equipe aqui do Ministério.
Deus nos tem dado gente muito preciosa e poderosa por aqui conosco.
São bênção de Deus, em nossas vidas e na vida de muitos, mesmo!
Aliás, se você mora em Alphaville ou no em torno, e está sem igreja, faça-nos uma visita.
Você não chegou até esta página por acaso...
Se você sabe de alguém por aqui que esteja procurando um lugar para congregar, se concordar com o que publicamos por aqui, com o que cremos, indique nosso Ministério.

Deus abençoe sua vida! Boa semana!

Haroldo Maranhão

MEDITAÇÕES DE 12 A 18 DE OUTUBRO


 
Bem vindo!    
Neste espaço do Blog do Ministério, tenho compartilhado meditações para a vida diária que posto diariamente em meu Facebook pessoal.
E como nem todos acompanham o Facebook, ou não conseguem acompanhar todos os dias, aos domingos eu reúno aqui o que puliquei ao longo da semana que passou.
Publicar este conteúdo tem sido um tempo muito especial para mim.
Pretendo prosseguir publicando diariamente algo inspirador para a vida daqueles que passam pela minha página, e aos domingos, ou qualquer outro dia, por aqui, enquanto Deus quiser e me abençoar para escrever...
E, principalmente, enquanto Seu Santo Espírito me inspirar, quero poder tocar vidas com A Palavra. Oro, então, para que seja útil em sua vida, já que você parou aqui.
Se você achar que este conteúdo pode ser útil em seu pequeno grupo, célula, na vida de alguém que você conhece, ou qualquer outro lugar, pode usar sem prévia autorização.
De graça recebemos, de graça damos.
O que peço apenas é que, PRINCIPALMENTE, se você for abençoado por algum dos textos, que você pare sua leitura e ore por nós, e pelo nosso ministério aqui em Alphaville, São Paulo e nos abençoe.
E que Deus abençoe sua vida, em Nome de Jesus!

Sábado 17 de outubro: "Sem publicação"

Sexta feira 16 de outubro: "O rico domina sobre o pobre, e o que toma emprestado é servo do que empresta”. Provérbios 22:7

A essência da Bíblia é a revelação do resgate do Senhor dos Seus através da obra salvação realizada em Jesus Cristo, e nos conduzir a uma revelação de qual é o Seu propósito eterno para os que creem.
Além deste fundamento, encontramos ensinos sobre a Vontade do Senhor, e Seus princípios e ensino para a nossa vida, mas também conhecemos fatos e circunstancias que, embora aconteçam em nossa vida diária, não são, necessariamente, Sua Vontade!
Quando Ele abençoou o homem e a mulher na Criação, conforme lemos em Gênesis 1:26, vemos que o homem deveria dominar sobre toda a criação, mas, naquele momento, nem mesmo o homem tinha autoridade sobre a mulher… Isso mudou apenas após o pecado, conforme lemos em Gênesis 3:16. O homem não foi criado para dominar sobre homens...
Assim que o rico dominar sobre o pobre, embora aconteça em nossos dias e, como vemos, desde os dias de Salomão, ou ainda, desde o início da humanidade, não é da vontade de Deus. Nem Seu propósito original.
E nem é Sua vontade que alguém precisasse tomar emprestado pois gera servidão! Sua vontade é que Ele seja nosso Provedor!
E pela desobediência, vivemos um mundo em que tantas e tantas pessoas estão endividadas, sendo dominados e escravizados pelos que ricos que são opressores, quanto pelos que enriquecem porque emprestam a juros…
E mesmo entre aqueles que são do Senhor, muitos acham normal tomar "empréstimos do Sistema" para “conquistar coisas”, que na verdade, na maioria das vezes, são coisas que ou O Senhor disse que Ele mesmo providenciaria, ou ainda coisas que não fazem parte da Sua vontade.
Coisas que fazem parte do “marketing do Sistema”, para convencer pessoas a comprar, para se endividar, e conduzir estas pessoas para se escravizarem pelos empréstimos, como vemos no texto de hoje…
Muitos cristãos se endividaram e ficam desesperados com suas dívidas, vão para a Igreja não mais para adorar o Senhor, mas para buscar solução para suas dívidas… resolver seus problemas financeiros, os quais Deus não os convidou a contraírem…
E acabam buscando os que pregam um evangelho financeiro, apenas para quitar estas dívidas… E acabam por servos deste falso evangelho...
O evangelho verdadeiro, o da liberdade, nos oferece libertação em Jesus Cristo mas para que O sirvamos. Não somos feitos livres para fazer o que queremos, mas sim, para obedecer o que Ele nos manda.
“Vós sois meus amigos se fizerdes o que vos mando”, disse Jesus.
Afinal, “fomos comprados por preço”…
Muitas pessoas compram coisas que não precisam, com dinheiro que não tem, para mostrar pessoas de quem não gostam… E recentemente "espiritualizaram" esta frase tão conhecida em inglês, pois agora levam estas coisas para a igreja para dizerem que “foram abençoados˜!
Que O Senhor nos conduza a libertação deste Sistema pela Sua Palavra, pelo Seu Espírito, pelo Seu Poder!
Que possamos ver todos cristãos verdadeiros em uma busca sincera para sairem de suas dívidas pelo Poder do Nome de Jesus.
Que você, se está endividado possa sair desta escravidão em um projeto de fé e oração, pois esta é a vontade de Deus para sua vida. Para que você e eu O sirvamos. Para sempre!
Deus abençoe! Bom dia...

Quinta feira 15 de outubro: "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele”. Provérbios 22:6

Sim O Senhor Deus sabe todas as coisas acerca de tudo, pois Ele mesmo é O Criador de TODAS as coisas. As visíveis, e invisíveis.
As que conhecemos, e as que nem sonhamos que existem.
Assim que, porque Ele nos criou, sabe de Seus propósitos originais.
Hoje existem linhas importantes de estudiosos da psicologia humana que entendem que o que acontece na primeira infância, nos primeiros sete anos da vida de uma pessoa, determina muito ou quase tudo quanto à maneira que será na vida adulta.
E eu creio nisso, não pelo que a psicologia diz, pois eles já mudaram muito de idéia ao longo dos anos de estudos, e nada de errado nisso, pois os homens sabem muito, mas não sabem muito mais do que sabem, em todas as áreas de conhecimento.
Eu creio no efeito sobre as crianças por que a Bíblia diz no texto de hoje !
E vejo que ao longo dos últimos anos o próprio satanás tem demonstrado o quanto acredita nisso, por toda a sorte de lixo do inferno que tem derramado nas casas e famílias, pela necessidade dos pais trabalharem e os seus filhos, desde bebes, precisarem ficar com outras pessoas e, claro, com a televisão. E com DVDs “especializados para crianças". E videogames. E Ipads, computadores e toda sorte de equipamentos que formam sua maneira de pensar desde bebes…
E, claro, levando para longe de Deus. Desenhos e filmes com monstros, violência, demônios, guerras, armas, mortes, famílias confusas.
Não acredita? Veja criticamente o que seus filhos assistem...
E, pior, com todo este conteúdo, crescem imersos no sistema do inferno que irá moldar sua forma de sentir, pensar, ouvir, ver a vida, a família, a si mesmo e, claro, sua maneira de ver e conhecer a Deus.
Porque será, desde a mais tenra idade, muita coisa absolutamente contrária à Verdade da Palavra de Deus.
Toda esta forma de viver ocidental (predominantemente, creio) tem sido moldada pelo inferno há anos. Em especial, diria, desde os anos 50 quando muito desta “revolução” começou…
E estamos vendo na sociedade “pós-moderna" o que isso causou nas famílias mais novas, longe dos padrões determinado pelo Senhor Deus, Criador das famílias, quanto aos seus hábitos, sua forma de viver, no que desejam para a vida, e principalmente, como se relacionam com Deus.
Mesmo nas famílias ditas cristãs há pouca ou nenhuma oração. Nem leitura da Bíblia. O evangelho tem sido cada vez mais relativizado e parece que as mentes das pessoas foram formatadas para não receber a verdade em sua plenitude.
Parece? Diria que foram!
A verdade é cada vez mais relativa, mesmo que A Verdade seja A Pessoa de Jesus. Sim, muito já se perdeu e tem se perdido dia a dia.
E sim, não vejo muito mais como mudar tudo isso pois este “sistema" chegou, aí está, e, creio vai ficar até o fim… pois é o sistema do fim.
Mas ainda creio que, embora isso vá ocorrendo, nas casas dos que creem é possível se estabelecer, como sempre houve, “remanescentes”… Aqueles que decidem “não dobrar os joelhos ao Sistema”, e, principalmente, decidem crer até as últimas consequências na Palavra do Senhor, e praticar o que não apenas é “politicamente incorreto”, como será em breve, talvez, ilegal. Praticar a fé livremente, pelo menos no ambiente íntimo da casa de uma família.
Que vocês que tem filhos pequenos possam orar continuada e poderosamente por eles, buscando Sabedoria do Senhor, crendo e ensinando seus filhos no Caminho!
Tarefa difícil para estes dias, reconheço… mas não impossível…
Afinal, O Senhor sempre soube que em 2015 a vida seria assim.
Ele não foi pego de surpresa. Nunca é...
Há poder no Nome de Jesus,em todo o tempo, e haverá por toda a eternidade... e mesmo nestes dias, quando as trevas vão se adensando.
Deus abençoe… Bom dia!

Quarta feira 14 de outubro: "Espinhos e laços há no caminho do perverso; o que guarda a sua alma retira-se para longe deles” Provérbios 22:5

Eu creio que assim como há diferentes “níveis" de cristãos enquanto forma de viver e expressar sua fé, há diferentes níveis de incrédulos. Explico!
Segundo Paulo, há 6 diferentes níveis de obras realizadas pelos salvos que definem diferentes níveis de acesso a Deus no céu, na eternidade.
Ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno e palha definem, creio, dimensões de acesso ao Pai e de vida eterna.
Sim, eu não creio que no céu sejamos todos iguais, embora salvos todos pela graça e pela fé, e sim, esta posição é definida dia a dia segundo o que fazemos aqui em nossa vida diária. Nossos atos de justiça.
A Bíblia nos relata que O Senhor tem livros adicionais ao Livro da Vida, e que nós seremos julgados segundo nossas obras ali registradas para galardão e não para salvação, pois somente há salvação em O Nome de Jesus! Obras, claro, não salvam. Obras sem Cristo são trapos de imundicie. Mas somos criados em Cristo para as boas obras que Ele nos preparou para que andássemos nelas… ou optássemos por não andar...
Assim que também creio, por analogia, que existem também níveis de posição para aqueles que rejeitam a Jesus Cristo e se perdem.
Existem portanto aqueles que permanecem na morte embora vivos, em seus pecados, e sem o perdão comprado na cruz, serão banidos da presença do Senhor, para um lugar de sofrimento chamado inferno, e existem aqueles que vão além em suas vidas…
Não apenas permanecem "mortos em seus delitos e pecados" como ainda os praticam com perversidade.
Aprofundam suas práticas pecaminosas a níveis abomináveis, e, também creio que terão níveis de sofrimento maior que os demais que não se arrependem e nem recebem a salvação em Jesus.
E estes, por claro, praticam suas obras aqui neste mundo, ao longo de suas vidas… E suas vidas ou seus caminhos já vão experimentar nestes dias, espinhos e laços, que serão como que alertas da parte de Deus sobre o que virá. Para que se arrependam… A misericórdia de Deus se manifesta aqui, enquanto há vida...
E quem quer guardar sua alma segundo o texto de hoje, tanto de sofrimentos nesta vida, como de riscos para a eternidade, devem estar longe destas pessoas…
A Palavra nos alerta sobre mantermos distancia “do conselho dos ímpios, do caminho dos pecadores e da roda dos escarnecedores”.
Nos alerta que "as más conversações corrompem os bons costumes”.
Nos alerta para evitarmos os caminhos dos perversos.
Que possamos dia a dia fugir destas situações e lugares…
Que possamos, sim, ser sal e luz para os perdidos, revelando a salvação em Jesus.
Que possamos guardar tanto nossa alma de dores nesta vida, como, e principalmente, da vindoura.
Deus abençoe a cada um de nós com Sabedoria da parte do Pai.
Bom dia!

Terça feira 13 de outubro: “O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, honra e vida”. Provérbios 22:4

Sem dúvida, A Palavra de Deus tem promessas para todas as áreas de nossas vidas.
A discussão acerca do fato de que as riquezas estão nas mãos da Sabedoria do Senhor, e que Ele nos distribui, é fora de questão.
Podemos ver em diversos textos que é na Sua Sabedoria e na Suas Mãos que elas se encontram. E “O temor do Senhor é o princípio da Sabedoria".
Se compararmos com Provérbios 3:16 que diz que “O alongar-se da vida está na sua (Sabedoria/Senhor) mão direita, na sua esquerda, riquezas e honra” e ainda com Provérbios 8:18 “Riquezas e honra estão comigo (Sabedoria/Senhor), bens duráveis e justiça”, veremos que estes dois textos combinam perfeitamente com o de hoje. E literalmente.
Sei que há em oposição aos seguidores da heresia da “teologia da prosperidade”, os seguidores da “teologia da pobreza”.
E ambos estão em desacordo com as Escrituras.
Não, Deus não vai enriquecer todos, pois para muitos, a riqueza os afastaria do Senhor e não há esperança para os que não creem que Ele nos prospera... Mas prosperará os que creem e obedecem...
Com certeza O Senhor não quer que os que são Seus permaneçam na pobreza absoluta, senão que prosperem ao longo da sua vida terrena, com “A bênção do Senhor que enriquece, e não acrescenta dores”...
Mas há Sabedoria da parte de Deus para conquistarmos não apenas prosperidade material necessária para a vida, mas em uma escala crescente em valores e importância, "riquezas, honra e vida"!
Digo isso pois já meditamos que a honra do bom nome é melhor do que as riquezas. E ainda de nada vale para alguém “ganhar o mundo inteiro, mas perder a sua alma...”
A vida eterna é o bem mais alto, acima de honra e riquezas, se fosse necessário priorizar uma escolha entre as três...
Sim, organizando cada ponto no seu devido lugar, encontraremos ainda que as riquezas eternas valem mais que as passageiras... E ser recebido pelo Senhor para a vida eterna, é a maior honra possível para alguém em qualquer dimensão que venhamos a considerar.
Assim que nunca podemos por o que é passageiro na frente do que é eterno.
Mas também não podemos perder de vista a promessa que “veremos a bondade do Senhor na terra dos viventes".
Eu creio, como já compartilhei aqui, que a questão maior é sempre foco.
Busquemos o que é eterno no Senhor, e Ele vai cuidar de nos suprir com o que precisamos para a vida aqui...
Ele sabe do que precisamos na vida aqui. Afinal, SE “O Senhor é o meu Pastor, nada me faltará”, ou ainda, em um entendimento melhor que recebi sobre este texto, na verdade “de nada terei falta”... Pois SE temos a Sua presença, nosso Pastor, a nossa perspectiva acerca do que precisamos muda e muito... não acha?
Pense nisso...
Busquemos antes a verdadeira Sabedoria que é a que vem do alto, e é do Senhor. Esta é a melhor maneira para se viver...
Afinal, foi O Senhor quem criou a vida, e nos oferece “vida em abundância”...
Esta vida que no grego é "Zoe"... Não é uma vida humana, mas sim, Ele está falando de nos dar dA Sua própria vida!
O que é importante mesmo afinal?
Deus abençoe... Bom dia!

Segunda feira 12 de outubro: "Sem publicação"

                                                               ___________
 

E assim, novamente chegamos ao fim do conteúdo de mais uma semana desta série.
Que Deus abençoe sua vida. Oro a Deus por todos que passam por aqui.
Se você tiver mais um tempo livre, convido para que você passeie aqui pelo Blog e conheça os outros conteúdos.
Se não sabia, também tenho outro Blog, este sobre profecia bíblica.
Se quiser conhecer, clique aqui...
E ainda, se puder, visite nossa página no Facebook. Se quiser nos acompanhar, "curta" nossa página.
Mais uma vez, reforço que, se nosso conteúdo publicado aqui tem abençoado sua vida, ore por nós.
Ponha em sua lista de intercessão o Ministério Cristão Alfa e Ômega, nossa família e tudo o que envolve semear este trabalho. Ore também por toda a equipe aqui do Ministério.
Deus nos tem dado gente muito preciosa e poderosa por aqui conosco.
São bênção de Deus, em nossas vidas e na vida de muitos, mesmo!
Aliás, se você mora em Alphaville ou no em torno, e está sem igreja, faça-nos uma visita.
Você não chegou até esta página por acaso...
Se você sabe de alguém por aqui que esteja procurando um lugar para congregar, se concordar com o que publicamos por aqui, com o que cremos, indique nosso Ministério.
Deus abençoe sua vida! Boa semana!

Haroldo Maranhão

terça-feira, 13 de outubro de 2015

NOSSA NOVA IDENTIDADE EM JESUS, O CRISTO! (VERSÃO ATUALIZADA E COMPLETA)


Reunir tudo o que publiquei nos três primeiros posts aqui do Blog em um único texto foi o desafio.
Aqui procuro refletir os fundamentos deste Ministério, apresentando ingredientes da visão que, temos perseguido desde nosso primeiro espaço de reuniões, no AlphaSquare Shopping...
E prosseguimos hoje, aqui na Calçada Aldebarã 69, onde desejamos poder expressar, ensinar, compartilhar e praticar, livremente, o que cremos.
Em que não haverá jamais, clamamos a Deus, qualquer prática sem respaldo bíblico.
Oramos para que , em tudo, A Palavra de Deus seja o nosso Fundamento.
Se não pudermos fundamentar na Bíblia algo que venhamos a tratar, seja aqui, seja nas reuniões do Ministério, seja Anátema!
Mas...
SE pudermos fundamentar o que cremos na Palavra, mesmo que contrarie a “religião evangélica predominante”, eventualmente seguiremos com a minoria...
Recomendo que você preste atenção em tudo o que a igreja cristã pratica hoje, e avalie...
O grande tema que queimou em meu coração neste tempo de mudanças foi a questão:
“Quem somos nós afinal?”
Porque tantas igrejas não praticam mais “apenas” o que é segundo a revelação bíblica?
Por que tanta "autoajuda triunfante" travestida de evangelho, ou, em outro extremo, tanta "autocomiseração buscando que Deus atenda por pena"?
Você já parou para meditar qual nosso real potencial em Jesus, pelo Espírito Santo de Deus?
Bem, desde o começo eu procurei fundamentar o que cremos, porque, creio, se formos agradáveis a Deus no que praticarmos desde o princípio, Ele mesmo nosso apresentará mais pessoas que estão buscando as mesmas respostas que nós.
E estas virão estar conosco...
Na verdade, este foi a primeira sequência de ministrações que preguei no Ministério, e que tem sido mais amadurecidas nos últimos tempos, em especial à luz do Seminário que recebemos aqui, cujos vídeos você encontra aí, na barra vertical do Blog.
Bem, vamos iniciar, e, aliás, se é para dar início a algo, que comecemos em Gênesis...
Ali encontramos o fundamento de que todas as sementes produzem segundo a sua espécie...

Gênesis 1:11

"E disse: Produza a terra relva, ervas que dêem semente e árvores frutíferas que dêem fruto
segundo a sua espécie, cuja semente esteja nele, sobre a terra. E assim se fez. 12 A terra, pois,
produziu relva, ervas que davam semente segundo a sua espécie e árvores que davam fruto,
cuja semente estava nele, conforme a sua espécie. E viu Deus que isso era bom".

Gênesis 1:24

“E disse Deus: Produza a terra seres viventes segundo as suas espécies: animais domésticos, répteis, e animais selvagens segundo as suas espécies. E assim foi. 25 Deus, pois, fez os animais selvagens segundo as suas espécies, e os animais domésticos segundo as suas espécies, e todos os répteis da terra segundo as suas espécies. E viu Deus que isso era bom”.

Assim, fica claro que desde o princípio o Senhor firmou a Lei Espiritual que rege nosso mundo natural que uma semente gera frutos segundo a sua espécie.
Necessariamente!
Sejam sementes frutíferas, sejam sementes da reprodução dos animais, como, claro, e principalmente, da reprodução humana.
Todos e tudo se reproduz segundo a sua espécie.
Mas precisamos deixar nossa religiosidade de lado, nossos preconceitos evangélicos, para aprofundar este conceito, pois Jesus nos ensinou algo maravilhoso!
Que a própria Palavra de Deus é uma semente!
Ele nos trouxe esta revelação no próprio texto da conhecida parábola do Semeador, conforme relato em Lucas 8:11:

"Este é o sentido da parábola: a semente é a palavra de Deus”.

Assim, podemos entender que a Palavra semeada por Jesus, O Semeador por excelência, deve frutificar no coração (comparado no texto a um terreno) das pessoas e, embora esta Palavra seja tremendamente poderosa, o resultado final também depende de algumas variáveis descritas pelo Senhor.
Recomendo que você leia o texto completo da Parábola em sua Bíblia, ou se você não tem, veja em uma online na web.
Afinal, você e eu também somos responsáveis pelo que em nós é semeado. Portanto, tudo o que eu publicar aqui, recomendo que confira em sua própria Bíblia!
Mas, prosseguindo, vimos que Jesus também disse em Mateus 4:4 que a própria Palavra de Deus é Vida:

“Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus”.

E no Evangelho de João, ficamos sabendo que Jesus é A Palavra de Deus

João 1:1

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 Ele estava no princípio com Deus. 3 Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez. 4 Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens; 5 a luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela. 6 Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. 7 Este veio como testemunha, a fim de dar testemunho da luz, para que todos cressem por meio dele. 8 Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz. 9 Pois a verdadeira luz, que alumia a todo homem, estava chegando ao mundo. 10 Estava ele no mundo, e o mundo foi feito por intermédio dele, e o mundo não o conheceu. 11 Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. 12 Mas, a todos quantos o receberam, aos que creem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus; 13 os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus. 14 E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai”.

Além disso, complementando, ficamos sabendo conforme relato em João 14:6, que “Jesus é O Caminho, A Verdade, e a Vida...”
Ou seja, se organizarmos todos estes conceitos, vamos entender que:
A Palavra de Deus é uma Semente.
A Palavra de Deus é Vida.
Jesus é a Palavra de Deus.
Jesus é Vida.
Será que Jesus, então, é também uma Semente?
SIM!
Leia o texto de João 12:23

“Respondeu-lhes Jesus: É chegada a hora de ser glorificado o Filho do homem. 24 Em verdade, em verdade vos digo: Se o grão de trigo caindo na terra não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto”.

Ou seja, Jesus se comparou com um grão de trigo, uma semente, que deveria morrer para dar muito fruto!
Assim, segundo lemos em Gênesis, uma semente produz frutos segundo a sua espécie! Portanto, SE Jesus também É uma semente, que dá muito fruto...
Seus frutos somos nós, os que nEle cremos...
Será?
Afinal uma semente de maçã, quando plantada vai produzir maçã...
A maçã não precisa fazer nada para ser maçã a não ser brotar a partir de uma semente de maçã...
Isso significa que, SE nascemos de novo da semente Jesus, deveríamos manifestar a essência de nossa Semente...
Pelo simples fato de que não podemos ser NADA diferente dela, SE somos Seus frutos!
Pergunto: SE você crê que é nascido de Jesus... que tipo de fruto é você? Que tipo de fruto sou eu? Que tipo de frutos somos nós? Somos compatíveis com que tipo de Semente?
Somos frutos segundo a espécie "Jesus"?
Pare um pouco e pense em que tipo de fruto é você, e isso se expressa pelo tipo de fruto que você produz...
Que possamos sempre avaliar se o que expressamos em nossas vidas está compatível com a Semente Jesus!
Posso até entender que este conteúdo possa chocar algumas pessoas em minha reflexão acerca de quem somos nós em Jesus...
Qual a nossa real Identidade, pois, afinal, somos frutos dEle, de Sua Semente.
Mas para prosseguir, posso pensar...
Será que há mais textos que fundamentem esta proposta ousada?
Minha resposta é sim! Com certeza.
Veja comigo o texto abaixo...

I Coríntios 15:36

“Insensato! o que tu semeias não é vivificado, se primeiro não morrer. 37 E, quando semeias, não semeias o corpo que há de nascer, mas o simples grão, como o de trigo, ou o de outra qualquer semente. 38 Mas Deus lhe dá um corpo como lhe aprouve, e a cada uma das sementes um corpo próprio...”

Ou seja, voltando e reforçando: Jesus é o grão que morreu, a semente, para dar muito fruto! (E claro, o mais importante, morreu e PRINCIPALMENTE, ressuscitou!).

João 12:23

“Respondeu-lhes Jesus: É chegada a hora de ser glorificado o Filho do homem. 24 Em verdade, em verdade vos digo: Se o grão de trigo caindo na terra não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto”.

Jesus, portanto, sim, semeou o Seu Corpo como uma semente, mas segundo o texto de Paulo, (em I Coríntios que lemos acima) ficamos sabendo que não se semeia o corpo que há de nascer, mas um simples grão.
Este o motivo pelo qual ficamos sabendo que Jesus considerou Seu Corpo como um “simples grão” (!), para que, a partir dEle, se pudesse ver nascer um Corpo!
Um Corpo de origem espiritual, nascido do Espírito!
Nascido da parte de Deus, em Jesus, O Cristo!
Assim, podemos (e precisamos) entender e saber que quando recebemos a Jesus, O Cristo, como Senhor e Salvador, após termos nos arrependido de quem éramos, de nosso pecado, de nossa vida sem sentido e vazia, nascemos do Espírito Santo de Deus!
E a partir da semente Jesus!
(Na verdade, “recebemos a Jesus” (João 1:12), “pela graça, por meio da fé” (Efésios 2:8 e 9) e, DEFINITIVAMENTE, não "aceitamos a Jesus"...
Meu entendimento é que nós, NA VERDADE, é que precisamos ser aceitos por Ele...
(Mas esta é uma outra história, um conteúdo para outro dia...).
Mas voltando:

João 3:4

“Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? 5 Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. 6 O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. 7 Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo. 8 O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito”.

Entendo que você possa, talvez, ter dificuldade de receber este conteúdo que estou tratando, de que somos frutos de Jesus, segundo sua espécie...
Que somos Corpo de Jesus, gerados por Sua Semente... mas... VEJA OS TEXTOS!

Colossenses 1:24

“Agora me regozijo no meio dos meus sofrimentos por vós, e cumpro na minha carne o que resta das aflições de Cristo, por amor do seu corpo, que é a igreja”.

I Coríntios 12:27

“Ora, vós sois corpo de Cristo, e individualmente seus membros”.

Efésios 4:12

“... tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo”.

Sim, o somos o Seu Corpo!
Que ainda está sendo edificado, até aquele Dia...
E que também somos edificados individualmente, pelo processo de santificação pessoal.
Se é que nascemos de Sua Semente.
E este processo de Santificação tem sido tão pouco pregada dos púlpitos...
Creio que é pelo fato de ser um conteúdo que "não enche igreja"...

Hebreus 10:10

“É nessa vontade dele que temos sido santificados pela oferta do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez para sempre”.

Sim!
Somos FRUTO da SEMENTE Jesus..
Somos Seu Corpo, nascido da Sua Semente...
Mas também recebemos neste ato, em Cristo, sementes de Deus!
Veja comigo...

I João 3:7

“Filhinhos, ninguém vos engane; quem pratica a justiça é justo, assim como ele é justo; 8 quem comete pecado é do Diabo; porque o Diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo. 9 Aquele que é nascido de Deus não peca habitualmente; porque a semente de Deus permanece nele, e não pode continuar no pecado, porque é nascido de Deus. 10 Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do Diabo: quem não pratica a justiça não é de Deus, nem o que não ama a seu irmão”.

Sim, o crente nascido de novo não peca habitualmente.
Não permanece no pecado, que "não tem mais domínio sobre nós"!

Romanos 6:1

“Que diremos pois? Permaneceremos no pecado para que a graça seja mais abundante? 2 De modo nenhum. Nós, que já morremos para o pecado, como viveremos ainda nele? 3 Ou, porventura, ignorais que todos quantos fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte? 4 Fomos, pois, sepultados com ele pelo batismo na morte, para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida. 5 Porque, se temos sido unidos a ele na semelhança da sua morte, certamente o seremos na semelhança da sua ressurreição; 6 sabendo isso, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado fosse desfeito, a fim de não servirmos mais ao pecado”.

A Graça de Deus se manifesta poderosamente com relação ao pecador perdido, que não poderia ser salvo de outra forma, que não pela Graça de Deus manifesta em Cristo Jesus.
Mas não, Deus não é “compreensivo" quanto ao pecado do crente, como ninguém "compreenderia" uma maçã nascendo de uma semente de laranja...
E não, o objetivo da Graça de Deus não é se manifestar “aliviando” o pecado do crente, mas sim, provendo recursos para que vençamos o pecado.
Embora seja inegável que, em Sua Graça, percebemos que O Senhor não nos trata segundo nossos pecados...
As sementes de Deus em nós, os que somos verdadeiramente nascidos de Deus, também precisam ser manifestas.
Como? Por frutos!
Frutos são a manifestação visível da semente plantada...

Mateus 7:17

“Assim, toda árvore boa produz bons frutos; porém a árvore má, produz frutos maus. 18 Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má dar frutos bons. 19 Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada no fogo. 20 Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. 21 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus”.

E até mesmo a criação aguarda por isso.
Nossa manifestação. Nossos frutos!
Claro que esta manifestação visível e definitiva, completa, só vai ocorrer no Reino Milenar de Jesus, a se manifestar em um futuro próximo...
Mas desde agora, como todas as coisas de Deus em nós, já é possível nos manifestarmos.
Manifestar nossos frutos...
Manifestar o Seu Reino!

Romanos 8:19

“Porque a criação aguarda com ardente expectativa a manifestação dos filhos de Deus”.

II Timóteo 2:11

“Fiel é esta palavra: Se, pois, já morremos com ele, também com ele viveremos; 12 se perseveramos, com ele também reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará; 13 se somos infiéis, ele permanece fiel; porque não pode negar-se a si mesmo”.

Romanos 5:17

“Porque, se pela ofensa de um só, a morte veio a reinar por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo”.

Sim... Reinaremos com Ele! Em vida!
A partir daqui por enquanto, e, definitivamente, na eternidade vindoura...
MAS, diferentemente do que muitos pregam, o Reino não se manifesta quando conquistamos...
Quando prosperamos materialmente...
Quando igrejas ficam cheias...
O Reino se manifesta, em Sua Semente em nós, quando morremos, e quando perseveramos...
Quando não O negamos, quando somos fiéis..
Os textos bíblicos apresentados por si só são melhores para nossa compreensão do que nossa própria opinião, pois são indiscutíveis.
Claros.
Cristalinos...
Assim, se estes textos bíblicos são de Deus, E SÃO, chegamos à conclusão que tem martelado meu coração.
O que é ser cristão hoje?
Quem somos nós em Cristo, nestes dias e nos que estão adiante de nós, e que se esvaem rapidamente?
Afinal, segundo a Bíblia, SER CRISTÃO É MORRER PARA QUE ELE VIVA...
QUEM SOMOS NÓS?
O QUE TEMOS MANIFESTADO COMO EXPRESSÕES DE UM FRUTO DA SEMENTE JESUS?
Se é que somos realmente nascidos dEle, e não apenas evangélicos religiosos...
Que Deus nos ajude em nossa reflexão e busca para fazer Sua vontade e Lhe ser agradáveis...
A forma religiosa com que tratamos as coisas de Deus, muitas vezes nos impede de compreendermos melhor aspectos do caráter de Deus, que nos levariam a ter muito mais temor e reverência do que temos.
E também, nos levaria a termos mais consagração e decisão de servi-lo, até aquele Dia...
A religiosidade nos afasta de nosso lugar de segurança em Deus.
Vamos ler o texto de Mateus 25:13:

“Vigiai pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora. 14 Porque é assim como um homem que, ausentando-se do país, chamou os seus servos e lhes entregou os seus bens: 15 a um deu cinco talentos, a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade; e seguiu viagem. 16 O que recebera cinco talentos foi imediatamente negociar com eles, e ganhou outros cinco; 17 da mesma sorte, o que recebera dois ganhou outros dois; 18 mas o que recebera um foi e cavou na terra e escondeu o dinheiro do seu senhor. 19 Ora, depois de muito tempo veio o senhor daqueles servos, e fez contas com eles. 20 Então chegando o que recebera cinco talentos, apresentou-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco que ganhei. 21 Disse-lhe o seu senhor: Muito bem, servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. 22 Chegando também o que recebera dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis aqui outros dois que ganhei. 23 Disse-lhe o seu senhor: Muito bem, servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. 24 Chegando por fim o que recebera um talento, disse: Senhor, eu te conhecia, que és um homem duro, que ceifas onde não semeaste, e recolhes onde não joeiraste; 25 e, atemorizado, fui esconder na terra o teu talento; eis aqui tens o que é teu. 26 Ao que lhe respondeu o seu senhor: Servo mau e preguiçoso, sabias que ceifo onde não semeei, e recolho onde não joeirei? 27 Devias então entregar o meu dinheiro aos banqueiros e, vindo eu, tê-lo-ia recebido com juros. 28 Tirai-lhe, pois, o talento e dai ao que tem os dez talentos. 29 Porque a todo o que tem, dar-se-lhe-á, e terá em abundância; mas ao que não tem, até aquilo que tem ser-lhe-á tirado. 30 E lançai o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes”.

Veja que Deus não foi "religioso" ao tratar de assuntos do Seu Reino!
Imagino muitos de nós aqui, dizendo: “...mas coitado do servo que recebeu menos... Ele não poderia ser tratado da mesma forma como o que ganhou mais... Deus não usou de graça e misericórdia com ele...”
Na dúvida, posso até mesmo ouvir alguém dizendo: "Deus não foi justo!"
Ou ainda outro tentando "justificar a Deus", criando algum artifício teológico para dizer que o que está escrito aqui, não é o que está escrito aqui... e que precisa de interpretação...
Bem, eu creio que esta é a verdade literal, e que precisamos entender que, para Seus filhos, que O servem, o Senhor Deus tem expectativas de alta produtividade...
Ele espera lucro!
Ele não investiu em vão, nem deixará de colher o que espera que vai colher...
Deus reina!
E não se iluda...
Até o fim do mundo na forma como o conhecemos, vamos semear e colher...
E O Senhor Deus espera ter, e terá, lucro!
Para seu conhecimento, Deus tem um sistema de meritocracia, de reconhecimento, de recompensas...
Tanto para os que fazem a Sua vontade, como para os que não fazem...
Na verdade, Ele providenciou até mesmo recompensas para Jesus!
E Jesus viu o resultado do Seu trabalho, e ficou satisfeito com a recompensa!
Leia comigo!

Isaías 53:10:

“Todavia, foi da vontade do Senhor esmagá-lo, fazendo-o enfermar; quando ele se puser como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias, e a vontade do Senhor prosperará nas suas mãos. 11 Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo justo justificará a muitos (... não todos...) , e as iniqüidades deles levará sobre si. 12 Pelo que lhe darei o seu quinhão com os grandes, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma até a morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e pelos transgressores intercedeu”.

Jesus recebeu (ou receberá) Sua recompensa no céu em meio a uma Honra ainda incompreensível e inalcançável se "observada" daqui!

Apocalipse 5:8:

“Logo que tomou o livro, os quatro seres viventes e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um deles uma harpa e taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos. 9 E cantavam um cântico novo, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, e língua, e povo e nação; 10 e para o nosso Deus os fizeste reino, e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra. 11 E olhei, e vi a voz de muitos anjos ao redor do trono e dos seres viventes e dos anciãos; e o número deles era miríades de miríades; e o número deles era miríades de miríades e milhares de milhares, 12 que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riqueza, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e louvor”.

Jesus já foi e será posto acima de TUDO e de TODOS!

Filipenses 2:5

“Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus, 6 o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, 7 mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens; 8 e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz. 9 Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu o nome que é sobre todo nome; 10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, 11 e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai”.

O trabalho da alma de Jesus foi terrível...
Mas Ele considerou que valia a pena pagar o preço pela glória que Lhe estava reservada posteriormente...
Se não compreendermos isso, vamos continuar achando que podemos ser salvos e viver e qualquer jeito, que o que virá depois será igual para todos...
Que o céu é igual para todos...
MAS NÃO É!
Bem...
Enquanto estivermos aqui, de qualquer maneira, teremos sempre que semear e colher...

Gênesis 8:20-22

“Levantou Noé um altar ao SENHOR e, tomando de animais limpos e de aves limpas, ofereceu holocaustos sobre o altar. E o SENHOR aspirou o suave cheiro e disse consigo mesmo: Não tornarei a amaldiçoar a terra por causa do homem, porque é mau o desígnio íntimo do homem desde a sua mocidade; nem tornarei a ferir todo vivente, como fiz. Enquanto durar a terra, não deixará de haver sementeira e ceifa, frio e calor, verão e inverno, dia e noite”.

Ou seja, a única variável que administramos é semear e colher...
As demais (frio e calor, verão e inverno, dia e noite), pertencem a Deus...
E agora, se você não é uma criancinha, vai poder entender o que Paulo quis dizer sobre o tema...

I Coríntios 3:1

“E eu, irmãos não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a criancinhas em Cristo. 2 Leite vos dei por alimento, e não comida sólida, porque não a podíeis suportar; nem ainda agora podeis; 3 porquanto ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja e contendas, não sois porventura carnais, e não estais andando segundo os homens? 4 Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; não sois apenas homens? 5 Pois, que é Apolo, e que é Paulo, senão ministros pelos quais crestes, e isso conforme o que o Senhor concedeu a cada um? 6 Eu plantei; Apolo regou; mas Deus deu o crescimento. 7 De modo que, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento. 8 Ora, uma só coisa é o que planta e o que rega; e cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho. 9 Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus. 10 Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei eu como sábio construtor, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele. 11 Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. 12 E, se alguém sobre este fundamento levanta um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, 13 a obra de cada um se manifestará; pois aquele dia a demonstrará, porque será revelada no fogo, e o fogo provará qual seja a obra de cada um. 14 Se permanecer a obra que alguém sobre ele edificou, esse receberá galardão. 15 Se a obra de alguém se queimar, sofrerá ele prejuízo; mas o tal será salvo todavia como que pelo fogo”.

Ou seja, no céu, teremos pessoas que perderam todas as suas obras, pelo fogo...
Edificaram apenas madeira, feno e palha...
Teremos por outro lado, pessoas com edifícios maravilhosos...
Edificaram com ouro, prata e pedras preciosas...
Sim, condições finais absolutamente diferentes, em seis níveis de estruturas...
Segundo as obras...
Segundo a semeadura...
Segundo o crescimento dado por Deus...
Segundo o que realizaram com seus talentos...
Segundo seus frutos!
Bem amigos aqui do Blog...
Tenho meditado acerca de nossa identidade em Jesus nos últimos tempos...
E tenho olhado para a igreja de hoje...
E tenho olhado para mim.
Para nós...
Nós que somos frutos de Sua Semente...
Nós que devemos manifestar que somos um fruto segundo Sua espécie...
Ele que foi uma semente tão poderosa nas mãos de Deus, e deu tremendo fruto...
Eterno.
Universal.
Cósmico.
Celestial.
Incompreensivelmente inalcançável para nossa pequena mente humana.
Enfim, Ele cumpriu Seu trabalho...
Como estamos nós trabalhando para Deus?
Vamos à igreja, à célula, ao próximo, querendo ser servido, ou para servir?
Estamos limitados à placa da igreja da qual fazemos parte para servir no Reino?
Queremos ser abençoados ou quer ser os abençoadores?
Semeamos ou comemos nossas sementes?
Você entendeu qual é o edifício que está edificando, e qual é O Fundamento?
Ou você ainda é uma criancinha fazendo malcriação, e querendo que as coisas sejam todas para você, do jeito que você quer, senão faz beicinho e birra?
Bem queridos...
É tempo de parar para refletir: “Quem somos nós?”
Precisamos descobrir e aprofundar... Enquanto há tempo...
Deus abençoe!

Abraço,

Haroldo Maranhão